Arquivo OFF

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Sossego particular

Quando eu era adolescente, não suportava ficar em casa durante muito tempo, adorava sair, nem que fosse na rua mesmo, dando voltas de moto. Tinha um lugar que sempre ia com alguns amigos, só pra conversar, era uma pracinha, lembro que deitávamos na grama e as conversas duravam horas. Sempre saia escondida pra festas e às vezes não conseguia voltar sem ser percebida. O tempo quase sempre seguia minhas vontades, durava o suficiente pra me divertir, quase sempre com alguns excesso de liberdade roubada.
Quando ficava em casa, o meu quarto era o melhor lugar, meu som sempre ligado. Lembro das músicas que costumava ouvir, o Rappa era uma das bandas principais de toda minha imensa trilha sonora, sem contar Legião Urbana, Paralamas, Biquíni Cavadão, Engenheiros do Havaí, e muitos outros tão bons quanto os meus preferidos. Meus livros eram os únicos que me acalmavam por algum tempo.
Mas o tempo foi passando e parei de sair tanto, deixei de ser adolescente e passei a preferir ficar mais em casa, os livros passaram a ser as melhores companhias, depois que casei ai é que virei totalmente caseira, primeiro porque fui morar em uma cidade em que não conhecia ninguém, e segundo porque não queria mesmo, meu marido também é super caseiro, ele ficou mais caseiro depois do casamento, não sei por que, acho que a gente gosta mesmo é de ficar se curtindo a maior parte do tempo, rsrs.
Quando saímos, geralmente vamos para restaurantes, pro cinema ou só passear com a Lanna na praça, aqui no Acre não tem tantos lugares legais pra ir, nem shopping aqui tem, não curtimos shows, boates e nem um tipo de balada, festas só de casamento, formaturas e aniversários rsrs. Uma vez, uma amiga até criticou esse nosso jeito, disse que devíamos sair mais, mas nós nos sentimos super bem assim, pra que vou querer mudar as coisas agora? É como dizem: “Não se mexe em time que está ganhando”. Não me importo nem um pouco com o que dizem, somos felizes assim e ponto final.
Só quando viajamos que as coisas mudam um pouco, e lógico a gente sai bastante, até porque outras cidades tem vários lugares diferentes pra passear.
Quando estamos em casa, nada é mais divertido que assistir filmes, em dias frios tomar um bom vinho, jogar PS3, Guitar Hero e Little Big Planet são meus favoritos. Ou só dormir, é tão bom dormir ora.
Em breve vamos começar a construir nossa casa, ai sim vai ser perfeito o nosso sossego particular.

6 comentários:

Daniel Savio disse...

Mas pretendendo o que para o final de ano menina?

E aproveitando o momento, um feliz natal e um prospero ano novo para ti, para toda tua familia.

Fique com Deus, menina Annie Manuela.
Um abraço.

Helena Rocha disse...

vim desejar um felizxxx ano novo.
Mt saúde, paz, amor, esperança, paciência e fé.
Felizxxxxx 2010
Bjússsssssssssss milllllllllllll
Lena

Solange Maia disse...

Annie,

Essa paz que a gente tem é boa mesmo... e cada curte a felicidade a seu modo...

sou tranquila também...

Bem, vim desejar-lhe um 2010 de amores e afetos, alegrias e paz !!!

Salve o ano que chega !

beijo grande

Samuel Bryan disse...

que lindo esse desabafo, annie
lindo mesmo
coisas da simplicidade da vida
^^
beijos

Álefe Souza disse...

Ahh, eu tbm gosto de ficar em casa com o amor, mas como temos o Yuri sempre o levamos a algum parque. Mas bom mesmo é levá-lo ao palhukas. ele fica horas brincando e nós namoramos à vontade! rsrs. Bjs e Feliz ano novo beeeemmm atrasado!!!

Bjokas!

Carlinha Said disse...

Owwwmm vidinha boa a de casal...se curtindo, curtindo um friozinho...namorando...rs

muito bom!!!

beijos