Arquivo OFF

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Cansei de ser otimista

Sempre fui muito otimista, acho que eu até chegava a ser meio boba, com uma esperança sobrenatural, é claro que acredito na vontade de Deus e que ele pode sim ajudar. Mas tenho percebido que nem sempre só o nosso querer e a força de vontade são suficientes, às vezes, a gente dá o melhor da gente por algo que no final não compensou em nada.

Ouvir elogios sobre o seu trabalho é bom, mas ninguém vive só disso. O verdadeiro reconhecimento estão mais em atitude$.

Cansei de ser otimista, mas nem por isso vou ser pessimista, agora só vou esperar melhoras das coisas que dependem só de mim, e é claro que vou batalhar pra conseguir. E o que de repente acontecer de bom, será lucro. Ao menos não vou mais me decepcionar com esperanças frustradas.

9 comentários:

Boo disse...

gostei da ilustração!

Melanie Brown disse...

Espero que isso passe logo pois somos mais felizes quando otimistas, mesmo nao sendo pessimistas, parece qua a sensação de otimismo nos da um gás a mais, sei lá...!

:D
Bjaum!

Melanie Brown disse...

Ai que bom que voce gostou!!!
Obrigada por me seguir!!
Beijos!

;D

Daniel Savio disse...

Afff, nada de tristeza menina, faça por onde que o tempo a tua recompensa veem...

Fique com Deus, menina Annie Manuela.
Um abraço

♥ Luciana Mira ♥ disse...

As coisas sempre melhoram hehe.. Deixe não de ser otimista! :D

AC Rangel disse...

Annie, vc jamais deixará de ser otimista... Vc é gente... comopoucos...

beijo
alfredocrangel@gmail.com

AC Rangel disse...

Escreva... para náufragos. Converse com náufragos. Talvez retorne teu otimismo...

Yasmin Carli disse...

É complicado ser otimista ao extremo num mundo desse. Trabalho não é reconhecido como deve, sacrifícios também não. Está cada vez mais difícil sustentar o otimismo. Mas acredito que nem por isso o mundo virou sinônimo de pessismistas e fracassos. Uma hora todo mundo cansa, mas nem todos desistem.

Álefe Souza disse...

Não, Annie!! Não desista! Vale a pena ser otimista, sempre, mesmo que ás vezes não dê certo. O que importa é tentar.

Bjokas